Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Industrializar em Concreto 17 - julho de 2019

DE OLHO NO SETOR

Publicação de normas técnicas atualiza o setor do pré-fabricado de concreto

Em 2019 acontece uma série de trabalhos em prol da publicação e revisão de textos normativos relacionados ao uso do concreto

Abcic sedia reunião da comissão de revisão da norma ABNT NBR 14861 - Lajes alveolares pré-moldadas de concreto protendido

Reconhecendo a importância de um acervo de normas atualizado, com a devida revisão de textos normativos e formulação de novos parâmetros técnicos embasados em necessidades e estudos atuais, a Abcic atua fortemente nas comissões de revisão e/ou desenvolvimento de normas técnicas do setor. A entidade ainda incentiva o trabalho conjunto entre engenheiros e outros profissionais da construção civil, bem como a sinergia entre diferentes instituições representativas do setor, com o objetivo de fornecer conteúdo e demandas para novas normas técnicas. Seguindo tais premissas, uma das principais ações é desenvolvida em conjunto com o Instituto Brasileiro do Concreto (Ibracon) no CT-304 – Comitê Técnico IBRACON/ABCIC de Pré-Fabricados de Concreto.   
Com a coordenação da presidente executiva da Abcic, Íria Doniak, o CT-304 promove a integração dos setores de projeto, produção, controle de qualidade e montagem das estruturas pré-fabricadas de concreto. Entre as ações do comitê, estão reuniões presenciais e virtuais, workshops e palestras para o desenvolvimento de trabalhos técnicos que ofereçam apoio à normalização brasileira. Entre os dois pontos principais de atuação do Comitê estão a publicação de um manual de práticas recomendadas da norma ABNT NBR 9062:2017 - Projeto e execução de estruturas de concreto pré-moldado e o início dos estudos para a normalização de estruturas de torres para aerogeradores. 
“Com relação aos estudos associados aos aerogeradores, definiu-se a necessidade de criação de um texto sobre o estado da arte do assunto antes das tratativas para criação de uma norma específica junto à ABNT. Com relação ao texto das práticas recomendadas, com reuniões mensais, criamos em 2018 o ‘esqueleto’ do que seria o texto”, afirma engenheiro Rodrigo Nurnberg, secretário do CT-304, que acrescenta que o lançamento das práticas recomendadas da ABNT NBR 9062 está programado para a edição de 2020 do Congresso Ibracon.    
Para cumprir a previsão, o ano de 2019 está sendo marcado pelo intenso trabalho dos integrantes do CT-304, com a redação, revisão e editoração dos textos para a publicação das práticas recomendadas. “Escrever um documento tão importante exige de todos os participantes tempo e dedicação que, por vezes, podem se alongar”, explica Nurnberg.

Inês Battagin: A intenção é atualizar a norma brasileira de lajes alveolares com base em documentos similares estrangeiros e internacionais, considerando a experiência adquirida no Brasil 

Além da dedicação de profissionais, o trabalho baseado na organização de conteúdo técnico e científico é viabilizado por meio de ações conjuntas de entidades da construção civil. “A parceria entre o Ibracon e Abcic é de extrema importância quando o assunto é normalização técnica, pois os profissionais associados a ambas as entidades têm know-how sobre diversos assuntos complementares dentro do setor de pré-moldados de concreto. Neste ponto, é interessante citarmos também a parceria com a Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural (Abece), que agrega outro conjunto de profissionais do setor de pré-moldados e contribui ativamente na atualização das normas associadas ao projeto estrutural”, avalia Nurnberg.

Atualização 
O setor da construção industrializada em concreto volta sua atenção a importantes trabalhos em andamento para a atualização e publicação de normas técnicas. Lançada em 2011, a ABNT NBR 14861 - Lajes alveolares pré-moldadas de concreto protendido — Requisitos e procedimentos, está no momento em processo de atualização com o propósito de observar os últimos avanços tecnológicos. A comissão de estudos responsável por essa norma já realizou cerca de dez reuniões desde agosto de 2018, data de reativação dos trabalhos. Trata-se de um grupo de vinte e quatro profissionais representando pré-fabricadores, projetistas estruturais, construtores, pesquisadores e outros profissionais envolvidos com o tema.