Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Industrializar em Concreto 21 - dezembro de 2020

ESPAÇO EMPRESARIAL

Resiliência nata do setor de pré-fabricados de concreto

Estamos nos aproximando do final do ano que ficará marcado na história por conta de uma pandemia que certamente deixará profundas marcas sobre a humanidade e o planeta, com grande impacto em nossas famílias, empresas, no setor e no país. Este momento merece uma atenção redobrada e reflexão mais intensa das associadas da Abcic, incluindo a minha empresa a Engemolde, situada no Rio de Janeiro, pois estamos trabalhando no orçamento e planejamento para o próximo ano. Por esta razão considerei muito oportuno o evento “Lições Aprendidas e uma visão de futuro para 2021” realizado pela Abcic para seus associados, no dia 2 de dezembro último. O ambiente de volatidade, incertezas, complexidades e ambiguidades, o chamado VUCA, abordado na palestra do Luciano Pires, é parte de nossa realidade. Por mais informados e prevenidos que possamos ser, nunca seremos capazes de prever o futuro e hoje estamos plenamente conscientes desta realidade. Após atravessarmos o ano de 2020, certamente nos tornamos mais fortes, melhores pessoas e também melhores profissionais e empresários para continuarmos o nosso caminho em 2021. Engana-se quem considera 2020 um ano perdido, pois sob a ótica do crescimento, das oportunidades e das novas descobertas, foi um ano muito produtivo, apesar dos inúmeros desafios.
Ao relembrar as perspectivas de um ano atrás, todas indicavam que teríamos um 2020 com grande crescimento, reformas que mudariam o cenário do nosso país e outras com o mesmo otimismo. Na minha cidade natal, costumamos dizer que o ano só começa após o Carnaval, e foi após essa festividade, no início de março, que nos deparamos com uma situação inusitada e inimaginável. Logo no início da pandemia enfrentamos a incerteza dos rumos que tomariam o nosso mercado. Após implementadas todas as medidas sanitárias nos deparamos com a possível falta de liquidez e, por fim, talvez com maior impacto, nos confrontamos com o desabastecimento e aumento do preço dos insumos. Mas temos no nosso setor a resiliência nata, gerada por tantos desafios vencidos no nosso dia a dia, a começar pela questão da tributação maior do que na construção “in loco”. Há uma força que adquirimos ao longo da história do nosso setor que nos impulsiona nestes momentos mais difíceis. Com relação ao ano de 2021, considero que teremos um cenário positivo, temos experimentado crescimento na região em que atuo, principalmente na área de infraestrutura e também com grandes perspectivas no setor de óleo e gás. O Marco do Saneamento, grande conquista para o país, certamente irá gerar novas oportunidades para o setor na próxima década. As reformas administrativa e tributária são pontos fundamentais para o Brasil avançar e devemos dar todo o apoio a elas.
Gostaria ainda de destacar o papel da Abcic, nossa importante Associação. É de fundamental importância, tanto para o setor como para o nosso negócio, termos esta estrutura que nos apoia nos momentos mais difíceis, como na recente crise econômica e agora durante a pandemia. Tem sido de grande valia as reuniões com os pré-fabricadores realizadas durante o ano visando a troca de ideias que vão desde temas como a implementação sanitária até boas práticas, em especial as do início da pandemia, momento conturbado. Com a mesma importância ressalto a veiculação das newsletters especiais, compilando rapidamente o que está acontecendo e o seu impacto na construção civil. O sistema construtivo que representamos tem sido debatido e levado a distintos fóruns, junto a projetistas de estruturas, arquitetos, construtoras e demais stakeholders. A ABCIC tem relevante participação nos grupos de trabalho onde são debatidos temas fundamentais para fomentar a industrialização, inclusive junto ao governo. Contamos com a normalização atualizada, que tem nos possibilitado ampliar e diversificar as aplicações incluindo a verticalização, com um programa de certificação que integra qualidade, segurança e meio- ambiente. O Manual de Montagem elaborado pela associação é um item vital para nossas operações no que tange à logística desde a indústria aos canteiros de obras. As missões técnicas ampliaram nossa visão, promoveram a integração e o crescimento das nossas empresas. Tive a oportunidade de participar de quatro edições. Nossa presença no contexto internacional. Além disto um incrível ambiente de relacionamento que tem sido promovido e que espero possamos desfrutar presencialmente o mais breve possível.
Desejo a todos os leitores e em especial aos empresários do nosso setor e a nossa associação muita Saúde, Paz e Sucesso sempre! Um Feliz Natal e Próspero 2021!