Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Industrializar em Concreto 5 - agosto de 2015

EDITORIAL

Solução está na união e na inovação 

Numa noite dessas, estava assistindo a um programa no Discovery Channel sobre a vida dos animais selvagens e tirei algumas conclusões que gostaria de compartilhar com os leitores da Industrializar em Concreto. Uma delas diz respeito ao ambiente associativo e conclui o que significa proteção e garantias de sobrevivência. No mundo animal, a presa é sempre atacada quando está desgarrada do bando. Dificilmente os que andam em grupos são atacados. 
Transportando tal comparação para o universo empresarial, notamos que, quando nos unimos em torno de temas comuns, como, no caso da Abcic, o Selo de Excelência Abcic, a luta pela desoneração tributária e tantos outros, nos fazemos fortes. Quando temos objetivos em comum e buscamos fortalecê-los, ainda que individualmente, no dia a dia como empresa, o setor se desenvolve. Assisti também, no documentário, a chegada de cada uma das diferentes estações: o inverno comparável ao momento desafiador que enfrentamos, marcado pela escassez e a busca pela sobrevivência. Um ciclo, presente na natureza e em tudo que nos rodeia. O que a natureza faz? Ela enfrenta! Mas como enfrentar? Aí entramos em vários temas que permeiam esta edição da Industrializar em Concreto.
Primeiro a cobertura de um evento fantástico organizado pela ABECE e ABEPE, o VIII Congresso Brasileiro de Pontes e Estruturas, realizado em maio. Nosso setor foi representado pelo diretor de Marketing, Paulo Sérgio Cordeiro, que relatou o protagonismo das estruturas pré-fabricadas de concreto em diversas aplicações, entre elas a do uso nas obras para a realização dos Jogos Olímpicos de 2016, que é o tema da matéria de capa desta edição. 
Estava ainda na Europa por compromissos com a fib em Copenhague e posteriormente na Conferência Anual da IPHA, quando recebi a ligação do Paulo comentando que o evento foi um sucesso. Isto é seguir em grupo, caminhando, encontrando oportunidades de networking, desafiar a crise, se fazer presente. A IPHA que citei anteriormente é a Associação Internacional de Produtores de Lajes Alveolares, onde tive a oportunidade de nos representar e conviver com 24 produtores e empresários, de diferentes países, que testemunharam como sobreviveram no auge da crise internacional, através do associativismo, inovação, desenvolvimento tecnológico e competividade. Todos os detalhes da Conferência da IPHA estão em nossa matéria Internacional. 
O que conseguimos perceber também com a coluna Cenário Econômico, escrita pela economista Ana Maria Castelo, da FGV, é que, apesar de ter ocorrido uma redução dos investimentos previstos para 2015, ela é mínima no que diz respeito a racionalização dos processos produtivos e modernização.
Dois grandes destaques coroam esta edição, a opinião do cliente, em Ponto de Vista com uma entrevista com o empresário Hugo Marques da Rosa, da Método Potencial, e o artigo da professora Sheyla Maria Baptista Serra (NETPRÉ-UFSCAR) enfatizando práticas de sustentabilidade. O espaço empresarial traz uma palavra do empresário, associado, e atual presidente do nosso Conselho Estratégico, André Pagliaro (Alveolare), que assume o cargo interinamente até as eleições de abril de 2016, conforme previsto no estatuto. Tivemos um importante ciclo com Aguinaldo Mafra Jr. (Cassol). Desejamos muito sucesso a ambos nos novos desafios. 
Recomendo ainda atentarem para a agenda de eventos e participarem. Vem aí o ENECE e o 57º CBC IBRACON. Seguimos em frente unidos e ainda mais fortalecidos. 

Um forte abraço e boa leitura.


Íria Lícia Oliva Doniak, 
Presidente Executiva da Abcic